Governador fez repasse para várias cidades (Foto: Governo GO)
repasse goias na frente

102 municípios goianos já foram contemplados com recursos do programa Goiás na Frente. O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) liberou a primeira ou a segunda parcelas para cerca de 40 prefeitos. O governador cobrou agilidade na realização das obras. Ele destacou que além do benefício do investimento feito, há ainda a geração de empregos.

“Não criamos este programa por marketing, mas para ajudar a tirar o Brasil do atoleiro, e é com obras que fazemos isso. Nos últimos 7 meses Goiás tem sido campeão na geração de empregos 47 mil empregos líquidos gerados, e na área de construção. E é claro que o Goiás na Frente tem participação”, disse o governador.

“O país vive o pior momento de sua história, mas Goiás está na contramão da crise. O governador ouviu todos os prefeitos e nos estendeu a mão para que escolhêssemos as obras que fossem realizadas nas cidades. Dificilmente nós teríamos condições de ter montante considerável em caixa”, declarou o presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM) e prefeito de Hidrolândia, Paulo Sérgio (PSDB).

O secretário de governo, Tayrone di Martino destacou que já foram realizados 102 convênios com os municípios do interior goiano. Ele ressaltou que em várias localidades, as obras já foram iniciadas. “Temos visto dificuldades Brasil afora e aqui sabemos das dificuldades, mas temos trabalhado para que Goiás seja um canteiro de obras”, destacou o secretário de governo.

Já o vice-governador, José Éliton Júnior (PSDB), que coordena o Goiás na Frente disse que o desenvolvimento do programa não ocorre apenas nas grandes cidades, mas em todo o estado. “Quando visitamos os municípios, nós vemos o florescer da esperança. É possível fazer gestão com responsabilidade, ajudando a fomentar projetos de desenvolvimento não só na capital e grandes municípios, mas em todas as cidades”, disse.

Críticas

O vice- governador rebateu críticas da oposição de que o programa tem caráter eleitoreiro e que se trata de um “cheque sem fundo”. José Éliton Júnior ressaltou que a oposição está “delirando”.

“Cheque sem fundo para os prefeitos. (...) Mas nesse caso, os cheques já estão sendo compensados. Em Gameleiras, as obras já foram concluídas. Há mais de 100 prefeitos que já receberam. O saldo já está na conta e garante a oposição plena. Que a oposição continue delirando, que vamos fazendo um governo que atende os anseios da população”, argumentou.

Municípios beneficiados

Entre os contemplados estão: os municípios de Abadia de Goiás, Alvorada do Norte, Aurilândia, Aragoiânia, Bonfinópolis, Amaralina, Aporé, Brazabrantes, Cachoeira de Goiás, Campo Alegre de Goiás, Castelândia, Porangatu, Iaciara, Petrolina de Goiás, Rianápolis, Pires do Rio, Palmelo, Teresina de Goiás, Ceres, Goianápolis, Doverlândia, Hidrolândia, Cezarina, Nova Veneza, Mutunópolis, Palmeiras de Goiás, Mundo Novo, Guarinos, Chapadão do Céu, Morrinhos, Posse, Orizona, Mairipotaba, Professor Jamil, São João da Paraúna, Quirinópolis, Corumbá de Goiás, São Miguel do Araguaia, Uiarapuru, Rubiataba, Silvânia, Sítio D’Abadia, Taquaral de Goiás, Santa Fé de Goiás, Piranhas, Iporá, Mimoso, Novo Brasil, Santo Antônio da Barra, Uruaçu, Vicentinópolis.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA