Marconi Perillo no Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Ferreira)
marconi perillo no rio de janeiro foto eduardo ferreira

Pela segunda vez em menos de um mês, o governador Marconi Perillo participou de iniciativas de aproximação comercial entre a Argentina e o Brasil. Há duas semanas, Marconi esteve no País vizinho, onde recebeu o título de hóspede honorário da Província de Buenos Aires e conversou com vários interlocutores oficiais do governo argentino. Nesta sexta-feira, o governador participou no Rio de Janeiro do Seminário de Negócios Argentina-Brasil ao lado do embaixador, Carlos Alfredo Magariños, que afirmou à plateia do seminário, formada por dezenas de empresários brasileiros e argentinos, que "o governador de Goiás é um grande transformador das políticas públicas do estado brasileiro”, declarou.

Marconi fez palestra para dezenas de empresários argentinos e representantes de mais de 15 Estados brasileiros, todos interessados no incremento das relações comerciais entre o Brasil e as províncias argentinas. “Tenho um enorme interesse no crescimento das relações comerciais, culturais, educacionais e políticas entre o Brasil e a Argentina. Vejo com bons olhos a atual política desenvolvida na Argentina pelo presidente Mauricio Macri. Essa política nos aproxima muito. Espero que tenhamos, num futuro próximo, uma relação ainda mais próxima do ponto de vista político, cultural e comercial”, declarou o governador na abertura de sua palestra.

Carlos Magariños, embaixador da República Argentina no Brasil, recebeu o governador manifestando sua admiração ao trabalho que Marconi desenvolve à frente do governo de Goiás. “Eu tenho uma grande admiração pessoal pelo governador Marconi Perillo. Ele está completando o seu quarto mandato como governador de Goiás, um Estado que tem experimentado uma transformação impressionante. O governador é um grande transformador das políticas públicas do estado brasileiro”, declarou.

O embaixador já esteve em Goiás em missão oficial e, segundo testemunhou, “pude constatar que as transformações chegaram a todas as áreas da vida social e política, a saúde a educação e a outras áreas. Marconi é um homem público jovem, importante na política brasileira. Eu estou seguro de que ainda iremos ouvir muitas coisas boas do governador de Goiás. Suas contribuições para a política brasileira serão grandes”, finalizou.

Carlos Magariños disse que Goiás tem buscado parcerias que façam crescer sua capacidade mútua de produzir com eficiência e sustentabilidade. “Temos que ter inteligência para resolver os nossos problemas internos, como pobreza e desemprego, mas com ousadia para cumprir o nosso papel na segurança alimentar do planeta”, disse o embaixador.

"A balança comercial entre Goiás e Argentina tem muito potencial para crescer", afirma MarconiAo apresentar Goiás aos empresários argentinos, o governador disse que o Estado integra uma região que mais se parece com a Argentina em capacidade produtiva. “Goiás se tornou a nova fronteira agrícola e industrial do Brasil”. Marconi acredita que há uma potencialidade enorme para o crescimento das relações comerciais entre Goiás e Argentina. Lembrou que hoje a balança comercial é favorável a Argentina em 31 milhões de dólares. “Se levarmos em consideração que nos últimos 18 anos o saldo exportador de Goiás cresceu de 300 milhões de dólares para 8 bilhões de dólares, essa balança é muito pequena e tem potencial para crescer”, analisou.

Ao destacar números da economia goiana, o governador lembrou que o Estado, há 18 anos, tinha um PIB de R$ 17 bilhões e deve chegar este ano a R$ 200 bilhões. “Nós multiplicamos por mais de dez vezes o PIB graças a ação dos nossos empreendedores, que agregaram muita tecnologia a agroindústria o que diversificou a nossa economia. Também multiplicamos por 25 vezes o nosso saldo comercial. Neste ano, o nosso saldo chegará a cerca de 3,5 bilhões de dólares”.

Depois de reconhecer que o Brasil passa por um momento de turbulência política, o governador ponderou que ao mesmo tempo há claro sinal da retomada do crescimento da economia. Ele recordou que há um ano a inflação estava por volta de 10% e hoje com menos de 3%; a taxa básica de juros estava por volta de 15% e hoje está em 8.25%, o que, segundo ele, demonstra que a economia começa a dar sinais de crescimento.

Marconi demonstrou ainda que enquanto a economia brasileira registrou um pequeno crescimento de 0,4%, Goiás cresceu 4,5 vezes mais. “A nossa região cresce sempre mais do que a média brasileira. Pelo 48 mês o Estado de Goiás tem tido saldo positivo na balança comercial. E nos oito primeiros meses deste ano nós já registramos 35 mil empregos novos gerados em Goiás. Este é o oitavo mês seguido que Goiás registra aumento no número de empregos”, comemorou.

Ao final de sua palestra, antes de apresentar um vídeo destacando as potencialidades do Estado, o governador convidou os empresários argentinos a conhecerem e a transacionarem com Goiás. “Nós queremos ampliar o comércio com a Argentina. De nossa parte há o total interesse de estreitarmos as nossas relações”, disse Marconi, sob aplausos.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA