Detran-GO e Bombeiros simulam resgate após acidente.
simulacao de acidente e resgate

O carro avança diante do sinal verde. Na outra via, uma motociclista apressada tenta passar no sinal que acabou de fechar. Como a pressa, na maioria das vezes é inimiga da vida, os dois colidem. O motorista sai ileso, mas a condutora da moto tem três fraturas e precisou ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros.

A narrativa é de uma simulação que ocorreu, nesta quinta-feira (21), em frente à sede do Detran-GO, na Cidade Jardim. Mas, mas infelizmente, a cena é cotidiana nas grandes cidades. Diariamente, cerca de 30 motociclistas são resgatados e recebem os primeiros-socorros dos Bombeiros após se envolver em acidentes na Capital.

Os motociclistas são maioria das vítimas de trânsito. Estima-se que 62% dos feridos e mortos estavam pilotando ou eram passageiros de veículos de duas rodas. Isso ocorre porque, ao contrário do motorista, esse condutor fica exposto no momento da colisão. Sem a carenagem de um veículo, a sua única proteção é o capacete e as vestimentas.

“Por isso, temos intensificado as ações educativas específicas para esse público, lembrando-os que o uso correto de equipamentos de segurança e a direção defensiva são seus principais aliados”, explica o presidente do Detran-GO, Manoel Xavier Ferreira Filho. Além da simulação, foi realizada simultaneamente uma blitz educativa, para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes no trânsito, estimulando a adoção de comportamentos seguros.

“Essa simulação de acidente foi feita justamente para lembrar a população que hoje foi um 'faz de conta', mas que amanhã pode ocorrer com quem amamos, caso não adotemos uma nova postura, de respeito às leis de trânsito e à vida”, ponderou o diretor técnico do Detran-GO, João Balestra do Carmo Filho.

De acordo com a tenente Daniela Cristina Oliveira, o Corpo de Bombeiros passa por treinamentos constantes para promover o aprimoramento técnico, visando o resgate e socorro às vítimas de trânsito para que seja cada vez mais rápido e eficiente. Ela destacou que é crescente o número de acidentes envolvendo motociclistas, pois, ao contrário do que diz o Código de Trânsito Brasileiro, nas ruas, os veículos maiores não cuidam da segurança dos menores. “Todos devem contribuir para evitar a exposição de motociclistas, inclusive os próprios motociclistas”, avalia.

A simulação de acidente faz parte da programação da Semana Nacional de Trânsito, que neste ano aborda o tema: Minha escolha faz a diferença. Por isso, de 18 a 25 de setembro, o Detran-GO em parceria com SMTs, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros têm intensificado as ações de educação e de fiscalização, com a finalidade de sensibilizar condutores, ciclistas e pedestres para o respeito à vida e às leis de trânsito.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA