vacinacao de caes e gatos contra raiva

As Prefeitura de Goiânia e Aparecida de Goiânia realizam neste sábado (23) a Campanha de Vacinação Contra Raiva, para gatos de cachorros. A Raiva é uma doença grave, que atinge animais e seres humanos e tem rápido poder letal. Considerada a forma mais eficaz de evitar que o vírus se espalhe, a vacina é gratuita.

Só na capital serão disponibilizados 400 postos de vacinação. A expectativa é de que 200 mil animais sejam imunizados. “Há postos de vacinação em diferentes endereços para atender todos os animais da cidade. A participação dos goianienses é fundamental para manter a raiva sob controle”, informou a gerente de Controle Populacional da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, Catarina Rates.

Em Aparecida de Goiânia, a Campanha foi iniciada em 12 de agosto. O dia D da Campanha também será realizado neste sábado (23), na Praça da Família, a partir das 9. A Praça da Família está localizada na Avenida Independência, em frente ao Aparecida Shopping.

Além disso, serão disponibilizados 133 postos de vacinação em todo o município, das 8h às 17h. Entre os locais estão escolas municipais e estaduais, praças, postos de combustíveis, unidades de saúde. A meta da Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida é vacinar 70 mil animais.

Para a vacinação, os cães deverão estar com coleira e guia, além de um adulto que tenha tamanho e força suficientes para controlar o animal e contê-lo no momento da aplicação da dose. No caso de cachorros bravos, os animais deverão estar com focinheira para evitar agressões. Os gatos deverão ser levados em caixas de transporte para evitar fugas e acidentes.

Em Goiânia, o horário de vacinação será entre as 8h e 17h. Serão vacinados apenas cães e gatos que possuem mais de três anos.

Dados

Conforme a Diretoria de Vigilância em Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, foram realizadas 815 visitas técnicas em domicílios goianienses para analisar animais que agrediram pessoas. Outros cinco mil casos foram monitorados por telefone só em 2017. Além disso, entre janeiro e agosto, o canil da Zoonoses recebeu 124 animais com suspeita de raiva, para observação.

“Os número reforçam a importância da adesão das pessoas à Campanha”, ressalta Catarina Rates.

Leia mais:

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA