eliane pinheiro orizona

Quando pensou em criar uma lei instituindo o Festival da Cachaça de Orizona, em consonância com o governador Marconi Perillo, a deputada estadual Eliane Pinheiro projetava que isso alavancaria um produto que qualifica o município, com o intuito de fazê-lo reconhecido no Brasil e no mundo. Marconi não só apoiou como incentivou a criação, como fez com outros produtos e festivais desde que assumiu o governo pela primeira vez, em 1999.

Eliane Pinheiro acompanhou hoje o governador Marconi Perillo durante as festividades pelo aniversário de 167 anos de emancipação de Orizona e último dia do 1º Festival da Cachaça, da Gastronomia e Cultura da cidade, que tem como parceira a prefeitura municipal, com o apoio e a parceria do prefeito Joaquim Marçal, do Sebrae Goiás e da Goiás Turismo.

“Nossa cachaça é hoje uma das melhores do País e nós ainda não somos reconhecidos por isso. A cachaça de Minas Gerais hoje é tida como a melhor – e não é verdade. Quando pensei em criar um festival, falei com o governador, que sugeriu irmos mais além e criarmos o circuito. O objetivo é incentivar, profissionalizar e tirar os produtores de cachaça da informalidade”, explicou Eliane Pinheiro. “O Sebrae Goiás também foi parceiro importantíssimo, assim como a Goiás Turismo”, apontou.

 Para Marconi Perillo, que parabenizou a população pelo aniversário, com a profissionalização de Orizona na exposição dos principais produtores de cachaça, o município será conhecido nacional e internacionalmente. A cachaça de Goiás já conseguiu um bom mercado externo e a tendência é expandir, disse o governador. “A cidade será conhecida no mundo”, projetou ele, que citou ações realizadas em outras cidades, que se tornaram marcas registradas dos municípios.

“Posso dizer que sou pé quente. Fiz o primeiro festival de cinema na Cidade de Goiás, e já está na vigésima edição. Fizemos o primeiro festival de música em Pirenópolis e já está na 19ª edição. Fizemos o primeiro de gastronomia e já está no 16º”, afirmou o governador, ao fazer referência ao Fica, Canto da Primavera e ao Festival Gastronômico de Pirenópolis, respectivamente.

Projeto de Lei de Eliane Pinheiro  institui o Circuito da Cachaça

Está em fase de segunda votação na Assembleia Legislativa o projeto n° 2977/17, de autoria da deputada Eliane Pinheiro, que institui o Circuito Turístico Cultural da Cachaça no Estado de Goiás. Segundo o texto da matéria, o principal objetivo desse circuito é valorizar e divulgar as várias marcas de cachaça, produzidas nas diversas regiões do Estado, com a finalidade de melhorar a qualidade de tais produtos e dos respectivos serviços associados e estimular os produtores e o turismo.

 Conforme a proposição, durante todo o período do circuito, os produtores de cachaça oferecerão ao público preços diferenciados, apresentando uma cachaça específica para o evento, divulgando suas características e as tradições de cada região.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA