Fotos: Polícia Civil
manipulcao gas

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (11), um comerciante acusado de retirar, distribuir e revender gás natural, de maneira clandestina. A manipulação acontecia no quintal de sua residência, localizado na Cidade Jardim, próximo ao Instituto de Criminalística, em Goiânia.

O Delegado responsável pelo caso, Rodrigo do Carmo Godinho, explicou que o comerciante, Flúvio Rangel Lopes de 45 anos, buscava os botijões usados nas residências dos clientes. Apesar de apresentar estar vazio, geralmente fica alguns resquícios de líquido no botijão. Flúvio então, de maneira totalmente artesanal e ilegal, retirava, por meio de uma válvula, restos de gás e enchia outro, controlando seu peso através de uma balança.

O suspeito, afirmou que já teve uma distribuidora regular, no entanto por causa da crise econômica do país, o lucro foi reduzido. Flúvio também afirmou que vendia em média 25 botijões por final de semana, o que gerava uma renda mensal de até R$ 4 mil por mês.

O Delegado ainda faz um alerta ao risco que a população da região corria, pois além do material ser inflamável, a rede elétrica estava toda comprometida, o que poderia causar incêndios e explosões. Os consumidores também poderiam ser lesados com essa prática, visto que não dava pra ter certeza se ele estava comprando a quantidade correta de gás, que é informada.

Flúvio foi autuado pela prática de crime contra ordem econômica e distribuição e comercialização de derivados de petróleo, sem nenhum tipo de alvará ou autorização. 

Leia Mais:

 

 

 

Leia mais sobre:

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA