marconi em novo brasil goias

A 200 quilômetros de Goiânia, localizado na região central do Estado, o município de Novo Brasil deu início na manhã desta terça-feira (5) à programação de visitas do governador Marconi Perillo a seis cidades para assinatura de convênios do programa Goiás na Frente. Durante a cerimônia de assinatura do convênio, no valor de R$ 1 milhão, para obras de recuperação da pavimentação urbana, o governador também descerrou placa de inauguração de 30 casas populares construídas na cidade pela Agehab.

O prefeito Sebastião Sabino (PMDB) declarou que o programa Goiás na Frente “é super importante para os municípios, principalmente para os pequenos como o nosso, que jamais teriam condições de fazer as obras necessárias se não fosse a ajuda do governador”.

Sobre a reclamação de alguns setores da oposição de que o programa ajuda politicamente a base aliada do governo, o prefeito respondeu que “como gestor, não encaro o Goiás na Frente como um programa político e sim como uma ação de ajuda do governo. Sou do PMDB e nem por isso desconheço a importância do programa, que considero sério, assim como é sério o trabalho do governador. Tenho que parabenizar o governador Marconi”.

Ao analisar as quatro gestões de Marconi à frente do governo do Estado, Sebastião Sabino disse considerar que o saldo foi positivo. “Ele fez um ótimo trabalho. Ele, sem dúvida, inovou a administração do Estado. Isso é notório e reconhecido por toda a população”.

Por fim, o prefeito disse que Marconi sempre teve olhar especial para Novo Brasil. “É importante - completou - que o governador seja republicano e municipalista, que ajude a todos, independente de sigla partidária”.

Em resposta, o governador Marconi Perillo reafirmou sua determinação em governar para todos, sem discriminar prefeitos, respeitando a opção partidária de todos. “Prego a política do coração desarmado, do equilíbrio, da sensatez, do bom senso, da maturidade. Depois de quatro mandatos, o que tenho feito é tentar construir uma agenda que beneficia o povo. Não cultivo a agenda do xingatório. Tem gente que só sabe xingar e atacar. Tem gente que vive de falar e nunca de fazer. O meu estilo é outro. É o de praticar a democracia, não só no discurso”, declarou.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA