Alto paraíso é o primeiro município a receber o projeto da OVG.
projeto meninas de luz em alto paraiso valeria perillo

Alto Paraíso é o primeiro município do interior do Estado em que o programa Meninas de Luz, que atende adolescentes e jovens gestantes de até 21 anos, será implantado.  A assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e a Prefeitura de Alto Paraíso, ocorreu nesta quinta-feira (31), durante a solenidade de Cooperação entre as Nações Unidas e Governo de Goiás, para a concretização dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), no município.

 “Estamos felizes porque Alto Paraíso será o primeiro município brasileiro a implantar os 17 ODS. E as ações do Programa Meninas de Luz estão entre as metas desta iniciativa. Com o apoio da OVG, essas jovens terão todas as orientações necessárias para o cuidado do bebê e acompanhamento até o primeiro ano de vida de seus filhos”, destacou o governador Marconi Perillo.

A presidente de honra da OVG, Valéria Perillo, acompanhada do diretor geral da instituição, major Augusto, do prefeito de Alto Paraíso, Martinho Mendes, da da primeira-dama do município, Maiuza Leite, visitou as instalações do Centro de Referência de Assistência Social (CRASS), local em que o programa será desenvolvido. “Um filho é um presente de Deus, é o bem mais precioso. Abracem essa causa. Aproveitem as orientações que receberão nesse programa tão importante da OVG para cuidar bem deles. Essa atenção contribuirá para transformá-los em cidadãos de bem”, falou Valéria às gestantes que participaram da instalação, ao lembrar que cerca de cinco mil grávidas já foram contempladas com o programa, na capital, desde a sua criação, em 1999.

Maiuza Leite, que também é secretária da Rede de Proteção Social de Alto Paraíso, afirmou que o Meninas de Luz é a concretização de um sonho. “Participei do Encontro de Primeiras-Damas, que aconteceu no início do ano em Goiânia, e fiquei encantada. Nossa equipe foi devidamente treinada pelas técnicas da OVG. Tinha convicção que iria implantá-lo aqui”.

O Meninas de Luz vai priorizar 32 municípios com maior índice de mortalidade infantil, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás. No entanto, o major Augusto destaca que os técnicos da Organização estão prontos para atender e oferecer o treinamento necessário para outras cidades que se interessarem. “É uma iniciativa que, em parceria com o Governo do Estado, muda a realidade das gestantes atendidas, melhora a autoestima delas e oferece informações importantes para o cuidado com os seus filhos”, observou.

De acordo com a gerente do Centro Social Dona Gercina, Malba Parreira, unidade responsável pelo programa em Goiânia, em cada local em que o Meninas de Luz for implantado, o município fica responsável pelos técnicos e pela estrutura física onde funcionará o programa. “A OVG fará o treinamento da equipe, o monitoramento do trabalho e a doação de enxoval de bebê”, explica.

 Atendimento multiprofissional - O Programa Meninas de Luz tem como objetivo promover o envolvimento, socialização, melhoria da autoestima e capacitação de gestantes até 21 anos de idade. Por meio de uma ação efetiva de uma equipe multiprofissional, oferece à gestante informações sobre educação sexual, planejamento familiar, cuidados com o bebê, direitos do cidadão. As jovens ainda participam de passeios e de ensaios fotográficos que contribuem para elevar a autoestima. Após o nascimento da criança, a mãe e o bebê continuam recebendo orientação e apoio, por um ano.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA