papel de paredeTramitam hoje, em Goiás, 57.046 processos envolvendo violência doméstica contra a mulher e 764 feitos relacionados a feminicídio. Para dar andamento as ações e ampliar a efetividade da Lei Maria da Penha (Lei Federal nº 11.340/2006), por meio de julgamentos concentrados de ações relativas à violência de gênero, além de despertar, mobilizar e conscientizar a sociedade sobre a gravidade da violência contra a mulher, o Judiciário goiano também vai participar da 8ª Semana da Justiça Pela Paz em Casa. Esta mobilização, em todos os estados brasileiros, faz parte da Política Judiciária Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres no Poder Judiciário, instituída pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).


A abertura, em Goiás, da 8ª Semana da Justiça Pela Paz em Casa será feita às 8 horas, pela presidente da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar e de Execução Penal, desembargadora Sandra Regina Teodoro Reis, que estará acompanhada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho. O evento será realizado no auditório da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), localizado na Rua 72, Jardim Goiás. Em seguida, haverá palestra da juíza Adriana Maria Queiroz, da comarca de Quirinópolis, que falará sobre seu livro Dez Passos Para Alcançar Seus Sonhos. Ainda na manhã de segunda-feira, a superintendente executiva da Mulher e da Igualdade Racial, Gláucia Maria Teodoro, discorrerá sobre o tema Violência Doméstica e Formas de Enfrentamento.

A 8ª Semana da Justiça Pela Paz em Casa prossegue até o dia 26 de agosto. Foram separados 1,8 mil processos referentes a casos que se enquadram na Lei Maria da Penha para serem analisados durante o evento que será promovido também em comarcas do interior. Além de palestras, também estão previstas várias atividades, com a disponibilização de declaração de participação, como serviços de salão de beleza e atendimento jurídico e psicológico à população. Toda a comunidade está convidada a participar do evento.

Goiânia

Outras atividades serão oferecidas, também na Asmego e no Fórum Desembargador Fenelon Teodoro Reis, prédio ao lado. Entre elas estão oficinas de automaquiagem, círculo temático, palestras e rodas de conversa.

No sábado (26), será realizada a Caminhada pela Paz em Casa, a partir das 8h30, no Parque Flamboyant. O evento começará em frente ao Centro de Atendimento ao Turista do parque.

Comarcas do interior

Em Anicuns, será realizada uma missa, no dia 24, às 19 horas, na Paróquia local. No dia 25, será feita a assinatura de Protocolo de Intenções entre o Poder Judiciário e a Prefeitura, em um café da manhã na Casa da Acolhida, às 8h30.

No dia 25, em Aruanã, o psicólogo Celso Cruz ministrará uma palestra sobre Violência doméstica e igualdade de gênero, no Auditório do Júri da cidade, tendo como público alvo alunos do ensino médio.

Na comarca de Itapuranga, psicólogos e advogados ministrarão uma palestra no Colégio Estadual da cidade e serão oferecidos serviços gratuitos de atendimentos jurídicos, psicológicos e assistencial.

Em Rio Verde, será lançado o programa Patrulha Maria da Penha, em parceria com a Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério Público e Poder Judiciário. Também serão realizadas diversas entrevistas nas rádios locais e palestras em faculdades e escolas.

Em Luziânia serão realizados Círculos Restaurativos com vítimas e agressores.

Veja a programação completa:

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA