Uma mulher de 34 anos foi presa em flagrante nesta segunda-feira (17) por tentativa de aborto, em Morrinhos. De acordo com a Polícia Civil, a mulher procurou atendimento no Hospital Municipal de Morrinhos no último sábado (15) por volta das 1h, por sentir fortes dores abdominais.

Durante o atendimento, o médico responsável constatou que a mulher, grávida de 32 semanas, estava sofrendo um aborto provocado por medicamentos após encontrar dois comprimidos na vagina da paciente.

Em seguida, a equipe médica fez o parto e a bebê foi encaminhada ao Hospital Materno Infantil (HMI), localizado em Goiânia. Conforme a assessoria de imprensa do HMI, apesar de ter nascido prematura, o estado de saúde da bebê é estável. A criança respira com ajuda de aparelhos.

Aos policiais, a mulher informou que acreditava estar ainda no início da gestação e que comprou dois comprimidos abortivos em uma farmácia situada no setor Campinas, em Goiânia, por R$ 200.

Ainda segundo a Polícia Militar, a mulher teria informado que foi para Morrinhos e inseriu os medicamentos no corpo. A mulher foi autuada em flagrante. Com o pagamento de fiança, a mulher responderá o crime em liberdade. Em Goiânia, a PC-GO investigará quem vendeu os medicamentos à suspeita.

Leia mais:

 

 

 

BUSCA