Marconi Perillo entrega benefícios em Planaltina. (Foto: Wagnas Cabral)
gov em planaltina foto wagnas cabral

A cidade de Planaltina de Goiás, porta de entrada do Entorno Norte do Distrito Federal, foi sede na manhã desta sexta-feira (19) de mais uma etapa do programa “Goiás na Frente”, iniciativa do governo de Goiás que visa investir R$ 9 bilhões em todos os municípios do Estado. O encontro reuniu mais de 500 pessoas da comunidade, além de todos os prefeitos da regional, deputados e secretários dos governos municipais e estadual.

Na região do Entorno Norte, composta pelos municípios de Planaltina de Goiás, Água Fria de Goiás, Cabeceiras, Formosa, Mimoso de Goiás, Padre Bernardo e Vila Boa, o programa “Goiás na Frente” projeta investimento de R$ 205 milhões em obras que visam a melhoria da vida das pessoas e a geração de desenvolvimento para as comunidades.

Para investimentos em infraestrutura, o governo destinou R$ 75 milhões. Serão mais de R$ 2 milhões do Programa Rodovida Construção; cerca de R$ 70 milhões no Rodovida Reconstrução e aproximadamente R$ 3 milhões no Programa Rodovida Manutenção.

Para a Educação, serão destinados mais de R$ 27 milhões. Os recursos serão divididos em construção e cobertura de quadras poliesportivas, para o que serão investidos R$ 1,6 milhão e outros R$ 2,5 milhões em construção e reforma de escolas Padrão Século XXI.

Para a área do desenvolvimento regional, ciência, tecnologia e inovação serão R$ 180 mil, recurso a ser investido na construção do Itego de Formosa.

Outros R$ 6,4 milhões serão destinados à Saúde. Todo o dinheiro será aplicado na construção da AME de Formosa. Para o setor de saneamento estão previstos investimentos de R$ 43,8 milhões. Serão R$ 4,4 milhões para implantação de sistema de água; R$ 38,9 milhões para implantação de sistema de esgoto e R$ 500 mil em melhorias operacionais.

Para habitação, serão R$ 3,2 milhões. Toda a verba será utilizada na construção de novas unidades habitacionais. A Segurança Pública ficará com R$ 31 milhões, recurso a ser utilizado na construção dos presídios de Formosa e Planaltina. E para apoiar todos os sete municípios que pertencem a região do Entorno Norte, o Governo do Estado está destinando R$ 18 milhões. Com esta verba, os prefeitos poderão realizar obras de pavimentação, recapeamento, urbanização e iluminação de vias públicas.

Recursos liberados

Os R$ 500 milhões provenientes dos convênios com as prefeituras, segundo informou o governador Marconi Perillo, já começaram a ser liberados. As prefeituras com suas documentações em dia estão sendo chamadas para receber sua parcela no convênio. “Provavelmente terça-feira próxima deveremos liberar dinheiro para pelo menos mais 40 prefeituras”, anunciou o governador.

Marconi fez questão de destacar que os convênios, para certas prefeituras, são o único apoio que os prefeitos estão tendo neste início de mandato. “Estamos dando condições para que eles resolvam problemas urgentes em suas cidades”, salientou.

Ele reiterou ainda que o governo não deu palpite para a aplicação dos recursos. “Não dissemos a eles como devem aplicar o dinheiro. Cada um sabe a prioridade que têm. Eles têm liberdade para investir de acordo com a necessidade de suas comunidades. Essa é a nossa maneira de fazer parcerias. Respeitando os prefeitos, sendo republicanos”.

Depois de reafirmar que o Brasil, nos últimos dez anos ficou mais pobre, o governador disse que “pelo menos em Goiás, o governo está estendendo a mão aos prefeitos, amenizando os efeitos das dificuldades pelos quais eles têm passado”.

BUSCA