acidente conj vera cruz

A Delegacia Especializada em Investigações de Crimes de Trânsito (DICT) divulgou nesta quinta-feira (18) que sós em 2017, de janeiro até o dia 17 de maio, morreram 66 pessoas vítimas de acidentes de trânsito só em Goiânia. 

Do total dos acidentes com vítimas fatais, 71% tem envolvimento com motocicletas. Ainda conforme tabela divulgada pela DICT, das 66 vítimas, 11 foram atropeladas. A maioria das vítimas têm entre 19 e 35 anos.

O número de mortes em janeiro de 2017 foi 12; em fevereiro, oito; em março, 19, sendo 12 motociclistas e sete atropelamentos; e 15 em abril. Metade dos acidentes ocorreram às sextas-feiras, sábados e domingos, entre às 17h e 8h.

De acordo com ocorrências geradas pela Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO), o número de vítimas fatais em todo o Estado até 17 de maio de 2017 é de 143 pessoas. Durante os 12 meses dos anos anteriores foram 731, em 2016; 896, em 2015; 1.080, em 2014; 969, em 2013.

Só em Goiânia morreram 253 pessoas vítimas de acidente de trânsito em 2016; 248, em 2015; 269, em 2014; 275, em 2013; e 318, em 2012.

acidente na t9Lesão corporal

O número de acidentes com vítimas de lesões corporais em Goiás, de janeiro a maio, é de 5.301. Em 2016 o número foi de 18.485 e em 2015, 27.648. Em Goiânia os números foram 1.442, em 2017; 4.702, em 2016; 5.456, em 2015.

18 de maio

Só nesta quinta-feira (18) a DICT informou que mais dois motociclistas morreram em acidentes de trânsito na capital. Em uma das ocorrências, a vítima era suspeita de roubo a transeunte e bateu em um ônibus do transporte coletivo quando fugia de uma viatura da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO).   

Leia mais:

 

 

 

 

BUSCA