Foto: A redação
reginaldo nassar sbpc

O Estado de Goiás participa pela primeira vez da Marcha Pela Ciência, que acontece em mais de 400 cidades de todo o mundo. Neste sábado (22) promovido pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) às 16h, serão promovidas atividades científicas e performances artísticas, na Praça Universitária, em Goiânia.

O movimento buscar chamar a atenção da sociedade para a importância das pesquisas científicas para o desenvolvimento das nações e melhoria da qualidade de vida da população. De acordo com a organização a ideia do projeto é reforçar que para o avanço da ciência são necessários investimentos maciços na área.

Ao total, 15 cidades realizaram a marcha no Brasil. Goiás fará parte do projeto pela primeira vez. O evento é uma realização da SBPC de Goiás com o apoio da Associação Cultural, Cidade e Arte e das instituições de ensino do Estado de Goiás.

Os participantes farão uma volta simbólica em volta da Praça Universitária, além de performances artísticas e diversas atividades científicas em cinco pontos específicos do local.

De acordo com o professor e secretário regional da SBPC/Goiás, Reginaldo Nasser, a Marcha pela Ciência é um chamado mundial da todos as pessoas que reconhecem o papel da ciência para o desenvolvimento da sociedade.  Para Reginaldo a população já é partícipe e beneficiária direta da produção científica, pois a sociedade usufrui dela em seu dia a dia.

O professor conta que o evento também será uma manifestação para chamar a atenção do governo no investimento da ciência. "Esse projetos precisam de investimento, pois se tratam de atividades que levam tempo e ajudam no desenvolvimento social", exclarece. 

 

 

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA