logomarcadiariodegoias2017

Reunião com a ministra Cármen Lúcia foi realizada nesta segunda, 8. (Foto: Wildes Barbosa)
reuniao marconi e carmen lucia foto wildes barbosa

Durante entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (8) após reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), informou que pretende se encontrar com o ministro da Justiça, Torquato Jardim, nesta semana.

“Eu provavelmente terei uma reunião com o ministro da Justiça. Ele recebeu às 11h o vice-governador de Goiás, José Eliton, tiveram uma boa conversa. Eu irei amanhã conversar com ele e vou levar esse relatório, esse dossiê informando o cronograma de execução de todos os presídios em Goiás”, disse Marconi.

Questionado sobre o percentual investido pelo Estado dos recursos repassados pela União, de que teria utilizado apenas 4% do total, o governador ressaltou que são investidos valores acima do que recebidos pelo governo federal.

“Nós estamos investindo muito mais do que os recursos que foram repassados. Nós recebemos em 2017, 2016 cerca de R$ 60 milhões do Departamento Penitenciário Nacional. Nós investimos somente em 2017 R$ 501 milhões. Portanto, nós estamos investindo na abertura de novas vagas, na manutenção do sistema de Execução Penal muitas vezes mais do que nos é repassado. E olha que nós estamos acolhendo presos federais, repito, mais de cinco mil”, concluiu.

Veja vídeo da entrevista:

Leia mais:

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

BUSCA