Moreira Franco (Foto: Agência Brasil)
moreira franco foto agencia brasil

Os investimentos habitacionais federais vão crescer em 2018 com a construção ou conclusão de projetos populares e também com linhas de crédito para imóveis em geral. A informação foi dada neste sábado (25) pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, que participou da entrega de 820 apartamentos do Programa Minha Casa Minha Vida, no Rio de Janeiro. As informações são da Agência Brasil.

"Não há a menor dúvida [de que os programas habitacionais vão ficar mais fortes]. Agora mesmo, em dezembro, o presidente Temer vai entregar, no Brasil inteiro, 20 mil unidades. A expectativa é que, quando nós estivermos tocando com mais rapidez o programa Avançar, haveremos de ter obras grandes, médias e pequenas, que estavam paralisadas, sendo entregues ao longo do ano que vem em todas as áreas. Nas áreas de saúde, educação, saneamento básico, energia, óleo e gás, rodoviárias e ferroviárias. Ou seja, o Brasil voltou", disse o ministro, após a solenidade de entrega das chaves.

Os apartamentos, dos residenciais Porto Belo, Ônix e Park Topázio, em Santa Cruz, zona oeste do Rio, vão abrigar mais de 3,2 mil pessoas. Os empreendimentos são destinados a famílias com renda de até R$ 1,8 mil e receberam investimentos federais de R$ 61,5 milhões.

Cada apartamento tem 43 metros quadrados e conta com dois quartos, sala cozinha, área de serviço e banheiro. O condomínio dispõe de estacionamento, área de lazer e parque infantil.

O presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, ressaltou que os investimentos federais em habitação, contando todas as linhas de crédito, aumentarão dos atuais R$ 80 bilhões para R$ 85 bilhões no próximo ano.

"Nós estamos entregando a primeira obra dentro do programa que o presidente Temer lançou em Brasília, o Agora é Avançar. Com certeza, o espírito é proporcionar novas contratações, inclusive no estado e na cidade do Rio. Isto faz parte do grande projeto da retomada do crescimento, em busca da geração de novos empregos. É o que a população mais deseja: ter trabalho e moradia", disse Occhi. Também participaram da cerimônia o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, parlamentares e lideranças comunitárias.

(FOLHA PRESS)

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA