Reprodução/Instagram
michel temer foto instagram

O presidente Michel Temer foi submetido, na noite desta sexta-feira (24), a um procedimento para desobstruir três artérias no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista.

O peemedebista fez uma angioplastia em três artérias coronárias, com implante de stent -dispositivo que possibilita melhor circulação no sangue. Segundo o médico Roberto Kalil Filho, o presidente passa bem.

Em nota, a Secretaria de Comunicação disse que "o procedimento foi bem sucedido e o presidente se recupera na Unidade Coronariana do Hospital Sírio-Libanês".

Em outubro, o presidente passou por um quadro de obstrução parcial de uma artéria coronária, mas não precisou ser submetido a um cateterismo.

Ele tem 77 anos e é o mais velho presidente da história do país. O problema foi detectado em exame de imagem.

A obstrução parcial de uma artéria coronária é relativamente comum.

Em um grupo de cem pessoas com mais de 65 anos, um total de 20 a 30 tem algum tipo de doença coronária, que atinge uma artéria do coração e pode levar a um ataque cardíaco.

O peemedebista pretendia retornar a Brasília no final de semana, mas deve ficar ao menos dois dias internado no hospital.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA