Deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG)
bonifacio de andrada

O deputado governista Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) foi anunciado na tarde desta quinta-feira (28) como relator, na Câmara, da segunda denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer.

O tucano é ligado ao grupo do senador afastado Aécio Neves (MG), que tem trabalhado internamente para barrar a denúncia e manter o apoio do PSDB a Temer.

Após o peemedebista e os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral) e Eliseu Padilha (Casa Civil) -também alvos da acusação- apresentarem suas defesas, o relator formulará um parecer na Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

O parecer da CCJ servirá de base para a votação definitiva, a do plenário, que deve ocorrer na semana do dia 25 de outubro, de acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Para que o Supremo Tribunal Federal seja autorizado a analisar a denúncia é preciso o voto de pelo menos 342 dos 513 deputados.

O relator do caso foi escolhido pelo presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG).

Temer é acusado de obstrução da Justiça e participação em organização criminosa que teria recebido ao menos R$ 587 milhões de propina.

Na primeira denúncia, em que era acusado de corrupção, o peemedebista conseguiu congelar o caso com o voto de 263 deputados (outros 227 foram favoráveis ao seu prosseguimento). Nessa ocasião Bonifácio Andrada votou a favor do presidente.

O tucano tem 87 anos, é advogado, professor universitário um descendente de José Bonifácio de Andrada e Silva, um dos principais articuladores da independência do Brasil. (Folhapress)

Leia mais:

 

 

 

 

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA