Foto: Facebook
glaucia feminicidio
Na madrugada deste domingo (27), a rainha de bateria e estudante de psicologia Gláucia Marcedes de Machado, de 32 anos, foi estrangulada e morta pelo companheiro, Marcelo Oliveira de 36 anos. O crime aconteceu após uma crise de ciúmes de Marcelo, em Angatuba, interior de São Paulo.

Segundo informações do Estadão, o casal estava junto no noivado de uma das irmãs de Gláucia, na noite de sábado (26). Testemunhas relataram a reportagem que Marcelo era muito ciumento e havia discutido com a companheira durante a festa. A discussão continuou até a residência do casal, no bairro Jardim do Paço. Durante a briga, Marcelo estrangulou Gláucia, até que ela desfaleceu. O homem chegou a chamar socorro, mas a vítima não resistiu e faleceu.

O agressor foi preso em flagrante e levado para a Cadeia Pública de Piraju. Ele vai responder ao crime de feminicídio, que é homicídio praticado em razão da condição de mulher.

A vítima cursava o último ano de psicologia. A jovem desfilava desde os 15 anos e de idade e por muitos anos atuou como rainha da bateria da Escola de Samba Liberdade. Gláucia deixou um filho de 15 anos de idade. 

Leia Mais:

 

Leia mais sobre:

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA