danilo gentili

O Tribunal de Justiça de Pernambuco decidiu reduzir o valor da indenização por danos morais que o apresentador Danilo Gentili, o comediante Marcelo Mansfield e a TV Bandeirantes devem pagar à técnica de enfermagem Michele Maximino, 35.

O desembargador Jovaldo Nunes, da 5ª Câmara Cível, determinou que seja pago R$ 80 mil à enfermeira e não R$ 200 mil, conforme solicitação inicial.

A decisão foi divulgada na última quarta-feira (12). Inicialmente, a enfermeira havia pedido uma indenização de R$ 1 milhão.

Em 2016, a juíza Regina Célia de Albuquerque Maranhão, da 2ª Vara Cível da Comarca de Olinda, havia determinado que os acusados pagassem R$ 200 mil já que o prejuízo havia sido "gravíssimo" para a enfermeira uma vez que "causou na autora lesão grave tendo sua imagem sido utilizada de forma humilhante e degradante, causando consequências devastadoras para a autora e sua família".

Conhecida por ser a maior doadora de leite humano do Brasil, Michele Rafaela Maximino foi comparada com o ator pornô Kid Bengala por Danilo Gentili, na época, apresentador do programa "Agora é Tarde", da Bandeirantes. "Em termos de doação de leite, ela está quase alcançando o Kid Bengala." O fato ocorreu em 3 de outubro de 2013.

Ao ser exibida uma foto de Michele no programa no momento em que ela fazia a ordenha para doar o leite, o comentarista Marcelo Mansfield, colega de palco de Gentili, ainda afirmou que não era uma "espanhola, mas uma América Latina inteira".

Moradora da pequena cidade de Quipapá, na zona da mata de Pernambuco, Michele disse, na época, que pretendia parar de doar leite pois se sente humilhada. "As pessoas nas ruas têm me chamado de vaca, vaca do Gentili. Parabenizar pelo meu ato, ninguém faz, mas xingar é o que mais acontece nas ruas depois da piada na TV", disse, na época.

Segundo Michele, que conseguia retirar até dois litros de leite por dia, a repercussão negativa prejudicou até a sua produção de leite. Atualmente, o humorista apresenta o programa "The Noite com Danilo Gentili", no SBT.

A Folha de S.Paulo entrou em contato com a Band e com Danilo Gentili, mas não obteve retorno até a publicação do texto.

Leia mais sobre:

BUSCA