vassil 2017

Colunista

Vassil Oliveira

 

daniel vilela encontro pmdbLideranças do PMDB defenderam neste sábado, 23, durante encontro regional do partido em Jussara, que a sigla é a que tem melhores condições de liderar um projeto que represente a renovação política em Goiás – informa o próprio PMDB goiano, em material distribuído à imprensa no final da tarde.

Segundo os peemedebistas, no encontro... a capilaridade do PMDB no Estado, o histórico de oposição ao atual governo, a força e a pluralidade de lideranças foram apontados como diferenciais competitivos.

O presidente do partido, deputado federal Daniel Vilela, é um dos dois pré-candidatos da oposição ao governo. O outro é o senador Ronaldo Caiado (DEM), que também liderou evento neste sábado.

Leia mais:

- Frente de oposição reúne lideranças com Caiado, que garante “tranquilidade” para definir candidato ao governo

Disse Daniel Vilela:

- "Goiás está se abrindo para os ventos da renovação e o PMDB está preparado para representar este momento".

- "Precisamos de (sic) ter no Estado uma concepção contemporânea de governança, com foco na eficiência."

- "Eleição majoritária se ganha com partido forte e alianças representativas."

Daniel usou outro argumento na defesa de uma candidatura do PMDB na disputa no ano que vem: "Hoje se fala muito dos 'outsiders' da política, como João Dória, em São Paulo, e o Donald Trump nos EUA. Mas todos eles foram eleitos porque estavam em grandes partidos e formaram amplas alianças."

Embora a reunião fosse voltada à militância do PMDB, lideranças de outras siglas também marcaram presença e anunciaram apoio ao projeto do partido... ressaltou o informe do PMDB.

Entre os presentes estava o secretário-geral do PRP, Martins Neto. Que disse: "Falo em nome do presidente Jorcelino Braga e das demais lideranças do PRP: estaremos unidos em torno da candidatura de Daniel Vilela no ano que vem. Esse é o desejo explícito do nosso partido."

Filiado ao Solidariedade e vice-prefeito de Aparecida de Goiânia, Veter Martins afirmou que as principais lideranças de seu partido se identificam com a pré-candidatura de Daniel.

Maguito Vilela, ex-governador e pai de Daniel, resgatou uma imagem que marcou os tempos do PMDB no Poder, em Goiás, para defender o ‘novo’:
"O exército do PMDB está preparado e motivado para eleger um nome novo. E esse nome é o Daniel", disse.

Em 1994, quando ele foi candidato ao governo e venceu, a referência ao ‘exército’ peemedebista era uma constante. Da mesma forma, em 1998, quando disputou, e perdeu, Iris Rezende.

A administração atual, do governador Marconi Perillo e de seu candidato, o vice José Eliton, foi alvo nos encontros da oposição.

O que falou Daniel Vilela:

"Num passado recente, Goiás liderava o Centro-Oeste do País (no Ranking da Competitividade, que sofreu queda), éramos a referência. Hoje, infelizmente, temos alguns dos piores índices da região, como na área da segurança e no quesito inovação. O resultado disto é que a cada ano recuamos mais no ranking de competitividade e perdemos oportunidades para outros Estados", disse o peemedebista.

José Eliton também fez evento de campanha neste sábado.

Leia mais:

- Eliton vai a Aparecida e dá o seu recado: "Não há espaço para o ódio. Nós trabalhamos para fazer o bem"

Embora seu nome não tenha sito citado, a referência a ele foi cristalina: "Temos que ser claros: o governo está fazendo um trabalho pesado de pressão e cooptação nos municípios para tentar viabilizar seu candidato, que tem enormes dificuldades", falou o ex-prefeito de Montes Claros Manoel Carlos.


Entre os presentes, o deputado federal Pedro Chaves, citado como possível candidato ao Senado; o deputado estadual Wagner Siqueira e o ex-deputado estadual José Essado.

 

Leia também:

A unidade da oposição em Goiás na teoria e na prática

Em Aparecida, Marconi e Eliton acenam ao PMDB, Maguito é todo ouvidos e Caiado vira alvo comum

Leia mais sobre:

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA