samuel

Colunista

Samuel Straioto

 

Prefeito destaca contratação de mais dez caminhões da coleta (Foto: Prefeitura de Goiânia)
iris data base

Vários bairros em Goiânia têm apresentando irregularidades na coleta de lixo nas últimas semanas. O motivo: vários caminhões da Comurg estão quebrados. No período da campanha eleitoral, o prefeito Iris Rezende, dizia que a cidade estava “emporcalhada”, e entre os problema à época, estava a coleta de lixo. Questionado pelo Diário de Goiás se hoje o sentimento seria o mesmo, o gestor argumentou que são situações distintas, que trata-se de um problema pontual e que a capital está limpa.

O prefeito voltou a dizer que a prefeitura passa por dificuldades financeiras. Ele reconhece que a frota de caminhões está velha, mas diferente do que se vê em diversos bairros, Iris afirmou que o problema não é tão grande como anteriormente.

“Isso é uma questão pontual. Vamos ser justos. Quando assumi a prefeitura, Goiânia estava emporcalhada de ponta a ponta. Há dois meses não se colhia o lixo, hoje Goiânia está limpa, o asfalto consertado, tudo em ordem. Agora isso é um isso é um problema pontual, coincidiu de quatro caminhões estragaram de um dia para o outro. Ficou em dois, três setores, como se Goiânia toda estivesse suja. Anda nas ruas para ver se você vê qualquer sujeira. É raro. Temos que ser justos. Estamos lidando com uma frota velha, a prefeitura com dificuldades para pagar o aluguel. Tudo o que alugamos de janeiro para cá foram pagas à vista, mas temos débitos com essas empresas. De forma que são questões pontuais que não representam o problema que as pessoas querem mencionar. Goiânia está limpa”, argumentou.

O prefeito autorizou a contratação de mais dez veículos e declarou que vai estudar a possibilidade de se comprar mais caminhões de lixo com recursos próprios ou se pretende ampliar o contrato de aluguel com a empresa ITA.

“Isso aí é o retrato da máquina administrativa que recebemos há dez meses. Estamos aí lutando, investindo sempre que possível, mas pouco, porque o débito é muito grande. Se nesses dez meses a cidade ficou limpa, um problema localizado aqui, ali, nós vamos contornando. Já autorizamos a contratar dez caminhões. E vamos definir num futuro próximo para saber se vamos fazer como da outra vez, comprar caminhões suficientes ou continuar pagando aluguel para as empresas que no passado ganharam a concorrência para alugar veículos, automóveis, máquinas e tudo. Goiânia vai se tornando uma cidade limpa e cheirosa”, declarou.

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA