samuel

Colunista

Samuel Straioto

 

Secretário compareceu a Câmara nesta quarta-feira (12)
secretario educacao

Goiânia tem um déficit aproximado de 18 mil vagas nas escolas e CMEIS da capital, segundo a Secretaria de Educação da capita. Para suprir pelo menos parte deste déficit, a prefeitura da capital está estruturando um programa denominado “Bolsa Infância” para que sejam concedidas 4 mil bolsas de estudos para crianças possam ter vagas em instituições particulares na região em que reside. A declaração foi dada nesta quarta-feira (12), pelo secretário municipal de Educação de Goiânia, Marcelo Ferreira da Costa, que esteve na Câmara de vereadores da cidade.

“A Bolsa Infância é uma dessas propostas importantes que nós vamos colocar em apreciação para que cheguemos a um acordo e o melhor modelo possível. Ela já existe em outros lugares do Brasil, mas queremos uma que tenha a cara de Goiânia e resolva os nossos problemas”, declarou o secretário de Educação.

Marcelo Ferreira da Costa disse que há um grande gasto com transporte escolar. Não foi revelado o valor do contrato, mas o secretário disse que em média por mês com cada veículo são gastos cerca de R$ 20 mil. Mas disse que na cidade, há apenas um distrito: Vila Rica, na saída para Nerópolis. Os outros deslocamentos são em área urbana. Ele disse que seria mais interessante aplicar os recursos do transporte escolar no programa de bolsas, evitando que os alunos façam grandes deslocamentos.

“A comparação da questão das linhas de ônibus justamente porque em alguns casos nós transportamos alunos para locais muito distantes. Se nós conseguirmos colocar a Bolsa, as salas modular ou próprio púlpito naquela região, vamos evitar transtornos, riscos, fazendo com que a criança estude mais próximo de casa. Esse é o nosso planejamento. É claro que para conclui-lo o nosso plano de ação terá soluções a curto prazo, outras a médio prazo e a longo prazo”, declarou.

O projeto assim que for concluído será enviado à Câmara Municipal de Goiânia. A expectativa é que as bolsas sejam concedidas até que sejam construídos Centros Municipais de Educação Infantil que ofereçam vagas suficientes.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA