charlie2

A pauta do esporte

Blog do Charlie Pereira

 

olimpico

Dos três times da capital no Campeonato Brasileiro, o Vila Nova Futebol Clube foi o que mais se aproximou do objetivo. A equipe colorada ficou mais de 20 rodadas dentro do G-4 e nesse período fez com que o seu torcedor acreditasse no acesso para a elite do futebol nacional.

O Goiás foi decepcionante. Ficou longe das principais posições e chegou a entrar em muitos momentos dentro da faixa do rebaixamento, se livrou nos últimos jogos e deixou o esmeraldino com razões de sobra para esquecer 2017.

Decepcionante também foi a campanha do Atlético Clube Goianiense. De volta ao Campeonato Brasileiro da Série A, o Dragão ficou 37 das 38 rodadas da competição na zona da degola. Terminou segurando a lanterna.  

Mas o fato de Goiás e Atlético terem apresentado um rendimento pífio, não significa que todo o elenco venha a receber críticas. Não é porque o Vila Nova foi bem, que tudo está bom.

Pensando nisso tive a ideia de fazer uma seleção do futebol goiano na competição nacional. Como toda seleção escolhida, muitos podem concordar – mas certamente a maioria vai discordar e entender que está faltando algum nome ou que alguém não deveria estar na lista... Fique à vontade para criticar.

Goleiro: Marcelo Rangel (Goiás)

Lateral Direito: Maguinho (Vila Nova)

Zagueiro: Wesley Matos (Vila Nova)

Zagueiro: Gilvan (Atlético)

Lateral Esquerdo: Bruno Pacheco (Atlético)

Volante: Geovane (Vila Nova)

Volante: Igor Henrique (Atlético)

Meia: Alan Mineiro (Vila Nova)

Meia: Jorginho (Atlético)

Atacante: Carlos Eduardo (Goiás)

Atacante: Luiz Fernando (Atlético)

Técnico: Hemerson Maria

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA