charlie2

A pauta do esporte

Blog do Charlie Pereira

 

Conselho Técnico do Goianão
aumentos clubes

Na atual temporada o Goianão por pouco não teve a desistência de participantes. Essa possibilidade existiu já antes da bola rolar com o Rio Verde sem estrutura financeira para montar um elenco e com seu estádio sem condições para receber as partidas do campeonato.

Atrasos de salários foram comuns em boa parte das equipes e na reta final da fase de classificação os jogadores do Itumbiara entraram em greve por falta de pagamento. Muitos reclamam até hoje que não receberam o que tinham direito.

É legal ver o Campeonato Goiano com muitos clubes, mas isso passa a ser cada vez mais complicado, uma vez que as datas liberadas pela CBF para os estaduais não são muitas. Em 2018, por exemplo, a competição começa no dia 17 de janeiro (uma quarta-feira) e termina dia 8 de abril. O início e termino mais cedo devido a Copa do Mundo.

Times tradicionais e que fizeram parte do dia a dia do Goiano no passado como Mineiros, Jataiense, Ceres, Santa Helena, Minaçu, América e Quirinópolis estão fazendo falta. Porém as administrações ruins e a “antiga e equivocada” dependência do dinheiro das prefeituras fizeram com que perdessem espaço.

Recentemente foi aprovado no conselho técnico na Federação Goiana de Futebol o aumento de 10 para 12 times no Campeonato Goiano. Isso a partir de 2019. Em 2017 tivemos apenas 10 e por pouco 2 não desistiram da disputa.

Aí os dirigentes que deveriam ser os primeiros a ter uma visão real da crise que atravessa o futebol e a necessidade de mudanças, aprovam essa alteração.

Sou radicalmente a corrente que trabalha para o fim dos estaduais, mas tais decisões absurdas como essa, só dão argumentos para quem deseja o fim do Goiano, Mineiro, Baiano, Cearense...

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA