charlie2

A pauta do esporte

Blog do Charlie Pereira

 

campeao marginais

Desde 1943 é disputado o clássico Vila Nova e Goiás. As primeiras partidas foram realizadas no Estádio Olímpico, mas o Serra Dourada é o principal palco do confronto entre os clubes que possuem as maiores torcidas do estado.

Grandes jogos foram realizados entre as equipes e muitos craques deixaram o campo consagrados. Uma bela história e um clássico que sempre mexeu com a cidade.

O Serra Dourada já recebeu um público superior a 70 mil pessoas para acompanhar colorados contra esmeraldinos. Na maioria das vezes foi um jogo de casa cheia.

Na década de 70 a rivalidade aumentou e foi se consolidando nos anos seguintes, mas as brigas entre torcedores dos dois lados começou a fazer parte da pauta do jogo nos últimos anos e afastou muitas famílias do espetáculo.

Mortes de torcedores motivadas pelo ódio de torcedores rivais ficaram comuns. Normalmente elas acontecem bem longe do Serra Dourada e nem sempre em dia de jogos.

Essa violência assusta os torcedores de bem e até hoje ninguém tomou uma verdadeira providência.

Clubes, Polícia e a Justiça observam a situação sem tomar nenhuma decisão que resolva a questão.

Mas se a situação já é aterrorizante, ela pode ficar pior.

Neste momento podemos afirmar que os vândalos que estão acabando com a paz no futebol colocaram Goiás, Vila Nova, PM e a Justiça para correr.

A decisão por torcida única é um retrocesso no combate aos marginais que vão ao Serra Dourada com o objetivo de brigar com outro marginais. Eles se quer sabem a escalação do time que dizem torcer, porém são mais fortes que todas as instituições juntas.

A Polícia Militar afirmar que não tem condições para controlar um clássico com as duas torcida é um absurdo.

O comando da instituição só pode estar querendo chamar a atenção do Governo do Estado de Goiás. Não consigo encontrar outra explicação lógica, já que desde 1943 temos o jogo com a presença de duas torcidas.

O Secretário de Segurança Pública deveria bater a mão na mesa e não aceitar esse tipo de postura da PM, que é formada por profissionais na sua maioria corretos, corajosos e que certamente consideram como absurdo esse tipo de posicionamento dos seus líderes..

No clássico do dia 24 de junho, no 1º Turno do Campeonato Brasileiro da Série B, faltou planejamento por parte da segurança que não se atentou para a possibilidade, que é sempre muito grande, de brigas no setor da geral. Fato já ocorrido em outras oportunidades.

Os baderneiros não foram presos e estão liberadores para frequentar o Serra Dourada. Vila Nova e Goiás perderam mandos de campo e prejudicados na busca dos seus objetivos na competição.

NINGUÉM FOI PRESO... ALGUÉM CONSEGUE ACREDITAR NISSO?

É triste saber que a decisão por torcida única é a que vai prevalecer no final.

É triste ver que estamos em uma situação de insegurança.

É triste admitir que o futebol perdeu de goleada para a violência.

É triste assitir os MARGINAIS levantando o troféu de Campeão no Campeonato com Goiás, Vila Nova, Justiça e Polícia.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA