charlie2

A pauta do esporte

Blog do Charlie Pereira

 

Eduardo Baptista e Paulo Autuori. (Foto: Tribuna do Paraná)
autuori e eduardo

No dia 27 de Junho o presidente Sérgio Rassi revelou que providências seriam tomadas para que o Goiás deixasse de passar vexame no Campeonato Brasileiro.

Eram esperadas grandes contratações, troca no comando do futebol e mudança de técnico.

Nada mudou.

Um pedido dos jogadores, que prometeram mais responsabilidade nos objetivos do clube, fez com que Rassi mudasse de planos.

Tudo continuou como antes, inclusive as derrotas dentro das quatro linhas.

Passados 20 dias, enfim uma transformação na Serrinha começa a ser desenhada.

E tomara que não fique apenas no rabisco.

Sempre muito bem informado, o repórter André Rodrigues (Rádio 730), traz a notícia que a diretoria esmeraldina está negociando com a dupla Paulo Autuori e Eduardo Baptista para assumir o futebol do Goiás já agora em 2017.

Eduardo Baptista (ex-Sport, Ponte Preta e Palmeiras) para ser o técnico no lugar de Sílvio Criciúma. O técnico que tem 47 anos, estava no Atlético Paranaense

Paulo Autuori (que deixou de ser técnico para começar a carreira como gestor de futebol) chegaria para assumir esse setor no clube.

Os dois estiveram recentemente no Atlético Paranaense. Por lá o sucesso da parceria não apareceu, o que não significa que não poderia da certo em outro projeto.

São dois grandes profissionais, mais capacitados para as grandes necessidades do Goiás que já deveria ter tomado esse tipo de atitude;

O projeto para os dois não deveria ser apenas para o restante da temporada, mas também pensando no futuro.

É hora de investir pesado e deixar de jogar dinheiro fora com contratações como as que foram feitas em 2016.

Passar vexame na Série B como vem fazendo o Goiás com o cofre cheio de dinheiro é algo inexplicável.

Imaginar que só com o peso da camisa e a estrurura o time conseguirá o acesso, é flertar com o fracasso. 

Coisa que o esmeraldino já está cansado. 

Trazer Autuori e Eduardo e não dar autonomia, não justifica.

Deixarem os dois desprotegidos para serem engolidos pela panela é jogar dinheiro fora... E isso o Goiás sabe como ninguém no Brasil.

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA