altair

Colunista

Altair Tavares

 

A avaliação presidente Michel Temer (PMDB) piorou, segundo a primeira rodada Paraná Pesquisas em 2017. O índice de brasileiros que desaprova o chefe do Executivo, em comparação com a rodada de dezembro de 2016,  passou de 64,3% para 66,6% enquanto o percentual dos que aprovam foi de 30,7% para 29,5%.

temer anuncio A pesquisa revelou que a maior parte dos eleitores considera que a administração do presidente brasileiro é ruim (18,3%) ou péssima (31,5%). Para 1,2% é ótima e boa para 11,2%. 35,8% consideraram a gestão como regular.

Temer é pior avaliado entre o público feminino (68,2%) do que o masculino (64,9%). Por idade, os eleitores adultos dão pior avaliação, sendo que o maior percentual está entre os eleitores de 25 a 34 anos (69,7%) e entre os que estão entre 35 a 44 anos (68,2%).

Por região, o presidente é pior avaliado no Nordeste (75,6%) e no Centro-Oeste e Norte  (68,1%). A desaprovação é menor na região sul (61,4%) e Sudeste (62,3%).

Metodologia

A pesquisa divulgada hoje, 15, ouviu a opinião de 2.020 eleitores com 16 anos ou mais, segundo a amostra  estratificada segundo sexo, faixa etária, escolaridade, nível econômico e posição geográfica. O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais com eleitores de 26 Estados e Distrito Federal em 146 municípios entre os dias 12 e 15 de fevereiro de 2017, sendo auditadas simultaneamente à sua realização 20,0% das entrevistas. 

Leia mais sobre:

BUSCA