altair

Colunista

Altair Tavares

 

A Prefeitura de Goiânia mantém uma rotina de pagamento dos salários aos seus servidores no último dia de cada mês. No entanto, por falta de recursos, o mês de janeiro não foi pago, segundo o secretário de Finanças, Oséias Pacheco.

A obrigação legal, disse o secretário, é pagar até o quinto dia útil do mês vencido e esta é a previsão da administração municipal. Ele vai encaminhar a situação ao prefeito Iris Rezende para que seja tomada a decisão.

Legalmente, a Prefeitura de Goiânia não tem qualquer obrigação para quitar os salários no último dia útil, no entanto esta era a rotina que os servidores municipais acompanhavam e seus compromissos estão vinculados com essa agenda. A folha de pagamento é de depois mais de R$200 milhões, segundo o secretário.

Previsão

Questionado pelo Diário de Goiás sobre quando o servidor receberá o pagamento, o secretário Oséias Pacheco destacou que ainda não é possível precisar uma data, mas espera que seja nos próximos dias. "A previsão é tão logo tenhamos os recursos necessários. Não tenho como precisar uma data. Mas será o mais breve possível", explicou.

Leia mais

Prefeitura de Goiânia rompe contrato com todos os estagiários

iris rezende coletiva foto flickr prefeitura

Contato com a redação:
(62) 99625-9856

BUSCA