Globo apura denúncia de racismo por parte do apresentador (Foto: Reprodução da Internet)
william waack

O apresentador do "Jornal da Globo", William Waack, foi acusado de racismo após a publicação de um vídeo na internet em que ele, irritado, afirma que o barulho de uma buzina é "coisa de preto".

O jornalista aparece no vídeo antes de uma entrevista com Paulo Sotero, diretor do Brazil Institute, do Wilson Center, num estúdio em frente à Casa Branca, nos EUA.

"Tá buzinando por quê, seu merda do cacete? Não vou nem falar porque eu sei quem é." Na sequência, Waack olha para o convidado e diz, em tom baixo: "É preto. É coisa de preto."

Após o comentário de Waack, o convidado ri constrangido.

Não há informações sobre quem divulgou as imagens da gravação, realizada durante a corrida eleitoral americana em 2016.

Procurada pela reportagem, a Globo diz que "está apurando o caso".

(FOLHA PRESS)

Contato com a redação:
(62) 9 9820-8895

BUSCA