logomarcadiariodegoias2017

nicole kidman foto instagram reproducao.jpg

Nicole Kidman, 50, falou pela primeira vez em anos sobre Bella Cruise, 25, adotada junto com Connor Cruise pela atriz e Tom Cruise em 2000, um ano antes de se divorciarem.

A atriz afirmou estar "muito animada" com a marca de camisetas lançada pela filha. Ela foi entrevistada pelo site "ET Online" enquanto aguardava o início do desfile da Calvin Klein nesta terça-feira (13).

A marca BKC (Bella Kidman Cruise) tem camisetas estampadas por desenhos criados à mão livre pela filha dos astros. "Acho que essa é uma ótima forma de se expressar, além de Bella ser uma ótima desenhista. Ela sempre foi capaz.

Não tenho uma linha de moda mas acho que há amor por isso", disse Kidman ao ser questionada se o amor de Bella por moda vinha de família.

A mídia americana especula que Kidman tenha sido impedida de manter contato com os filhos adotivos após o divórcio por ordem da Igreja da Cientologia. A crença seguida por Tom Cruise e pelos primogênitos ordena que os filhos fiquem sob a guarda apenas de quem segue a religião em caso de divórcio. 

Em 2015, Kidman afirmou para a revista "DuJour" que tem quatro filhos e que manter o contato com eles é importante. No ano seguinte, Bella negou que estivesse afastada de seus pais.

Contudo, Kidman reacendeu os rumores durante a cerimônia do Emmy, em 2017. Ao ganhar o prêmio de melhor atriz por "Big Little Lies", ela dedicou a vitória às "suas duas garotinhas", deixando de mencionar Bella e Connor.

Além dos filhos adotivos, Kidman é mãe de Sunday, 9, e Faith, 7, frutos do relacionamento com o atual marido, Keith Urban.

Big Little Lies

"Big Little Lies", estrelada por Nicole Kidman e Reese Witherspoon, conta a história de três mulheres no subúrbio exclusivo de Monterey, Califórnia, cuja vida aparentemente perfeita esconde nos bastidores um mundo de ciúmes e sigilo.

A série venceu ganhou quatro Globos de Ouro, um para o prêmio de Melhor filme de Televisão ou Minissérie e os outros três para Kidman, Skarsgard e Laura Dern.

"Big Little Lies" também ganhou três prêmios Emmy, incluindo as melhores séries curtas, bem como estatuetas individuais para suas estrelas Kidman e Witherspoon.

Baseado no romance Liane Moriarty, a série começou a ser transmitida como mini-série e não foi planejado para além dos sete episódios que foram transmitidos no início de 2017.

Entretanto, a HBO anunciou no mês passado que "Big Little Lies" teria uma segunda temporada dirigida por Andrea Arnold, ganhadora do Oscar em 2005 por sua curta "Wasp".

O programa foi exibido exatamente como o movimento #MeToo ganhou força devido às revelações do assédio sexual crônico sofrido pela indústria de Hollywood, começando com o representante mais emblemático, Harvey Weinstein.

O roteirista David Kelley, que escreveu a primeira temporada, será responsável pelo script da segunda. Outra novidade para a segunda temporada da série é a atriz Meryl Streep, que vai se juntar ao elenco como a sogra da personagem de Kidman. (Folhapress) 


 

Sugestões e críticas, mande um Zap para a Redação

whatsapp 512

62 9 9820-8895

Reportagem Especial

TVDG

+ SAIBA MAIS, PESQUISE NO DG

SEARCH